domingo, 8 de setembro de 2013

Aquales


Típico side-scroller mecha lançado para o Sharp X68000 em 1991 que lembra Bionic Commando. Simplório, porém bem feito e divertido. Pelo pouco de história que pude ver (tudo em inglês e com algumas imagens no estilo anime), um navio desapareceu e a tripulação marítima da Inglaterra manda seu grupo de especialistas investigarem tal acontecimento, assim viajando em um possante submarino futurista equipado com seu turbinado robô gigante.

Os comandos são básicos, tem o botão de pulo, tiro e o gancho no braço esquerdo que permite se pendurar e balançar nas plataformas. É possível trocar suas armas através de um menu que pode ser selecionado, além de encontrar os típicos upgrades durante as telas para ajudar o robozão a sobreviver aos inimigos. A dificuldade se altera quase toda a hora, não mantendo muito bem um padrão. O robô ganha experiência toda vez que destrói inimigos, podendo pular de nível e se tornando mais forte.



Os gráficos são muito bons, como de esperado no Sharp, sem abandonar aquele clássico estilo de 16-Bits, além de que tanto o robô quanto os inimigos não são espelhados quando mudam de direção, por exemplo o braço gancho do robô que sempre continua no lado esquerdo como também o braço arma que sempre continua no lado direito. A música é bem variada, indo de trilhas genéricas mecha até heavy metal e músicas que acompanham a temática da tela como o fundo do mar.

É um jogo sem nenhuma surpresa, mas que é bem legal para se conhecer e fechar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário