quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Street Wars: Constructor Underworld a.k.a. Mob Rule



Street Wars: Constructor Underworld (também conhecido como Mob Rule) é praticamente o jogo de máfia mais bizarro que já vi (e talvez o mais bizarro que há). É uma sequência daquele jogo de construção e administração de negócios Constructor. Mistura comédia da mais suja com o tema estereotipado de máfia e o objetivo de se tornar um "magnata imobiliário" (que no caso desse jogo seria ter o monopólio dos negócios ilícitos).

O jogo se inicia com a escolha de sua gangue, sendo que não há diferença entre elas, fora as cores representativas. Após a escolha, o jogo sempre começa uma sinopse sobre a situação da cidade em que o jogador está situado, vindo logo após o "padrinho" dando ordens sobre o que deve fazer para expandir os negócios da família.


O objetivo geral é fazer com que os seus negócios se tornem lucrativos, acabar com a concorrência e realizar os pedidos do chefão para avançar no jogo e ir mudando de cidade. Sendo assim, com o dinheiro no banco e seus construtores a disposição, o jogador vai comprando os terrenos ao redor e construindo estabelecimentos como: albergue, alambique, consultório médico, bordel, cinema, hotel, cassino, casa funerária e por aí vai. Pagando os impostos à prefeitura e erguendo mais propriedades, é recompensado com demarcadores de território, ou seja, barris de fogo que são postos aos poucos próximo de suas propriedades, mostrando quem manda no local.


Enquanto é necessário fazer dinheiro com os seus estabelecimentos, também é necessário programar alguns deles para "procriar" novos operários e inquilinos a fim de sempre ter gente a postos caso as gangues rivais matem seus trabalhadores ou no caso de precisar de mais moradores para seus novos ou antigos negócios, nesse caso quando o antigo proprietário morrer de velhice. Também é essencial levantar fábricas de cimento, tijolos, ferro e mobílias para construir mais ou evoluir suas propriedades já existentes, além de atender as necessidades de inquilinos insatisfeitos.


Também há as operações mais violentas, nas quais é necessário converter alguns operários em gangsters para matar gente do grupo rival, além de construir estabelecimentos ilegais especializados em baderna ou sabotagem de prédios para ferrar com a vida do chefão inimigo com bombas, infestações de baratas gigantes, invasões de fantasmas, encanamento destruído, entre outras coisas. Claro que o computador pode revidar ou até mesmo tomar a iniciativa em te eliminar, mas além de seus gangsters, pode também subornar os policiais para fazer rondas em suas ruas, evitando que algo de infeliz ocorra com seus negócios e seu pessoal.


Se gosta de jogos de mafiosos e de uma comédia bem doidaça, isso é prato feito para você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário