segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Violent Storm



Jogo 13 da Konami estreando três justiceiros pique Mad Max descendo porrada em punks e mutantes em um futuro pós-apocalíptico para salvarem sua amiga jaçanã de um criminoso barra pesada e seu capanga Duende Verde.



A escolha se limita entre Wade (o loiro de franjinha que é o personagem balanceado do grupo), Boris (o manolo de cabelo vermelho e fortão do grupo) e Kyle (o calango que é o mais rápido e pode lançar vários golpes). O jogador deve atravessar sete fases, enfrentando os vários buchas e chefes até o final, salvando a mocinha do honcho da gangue, típico beat 'em up da época (e para quem jogar, não preciso falar das semelhanças com Final Fight como muitos gostam de falar, é bem óbvio).



O ponto alto do jogo está na trilha musical que casa muito bem com a temática Mad Max/Hokuto no Ken, com muitas das músicas seguidas de vocais e letras que lembram aquelas baladinhas oitentistas e filmes bonachões da década, até os personagens tem dublagens bem feitas, se pá é a melhor já feita pela Konami para os caça-níqueis. Sobre a dificuldade, é possível até para um jegue como vossa senhoria fechar com uma ficha se acabar se concentrando no jogo, eu mesmo sem tomar muitos cuidados terminei a bagaça por volta de 6 fichas.



Obs: Taí a trilha para vocês verem o quão maneira ela é.


Nenhum comentário:

Postar um comentário