sexta-feira, 8 de maio de 2015

Sylvester & Tweety in Cagey Capers



Jogo do Frajola e Piu Piu bem interessante do Mega Drive lançado em 1993, capturando muito bem a alma do desenho em sua mecânica e temática.


Você controla o Frajola por sete fases baseadas nos episódios da tevê, algumas delas sendo divididas em parte 1 e 2. O objetivo é seguir o Piu Piu até encurralá-lo no final da tela e capturá-lo, mas para isso deve subir em móveis, estantes de bagagem, cercas, etc. enquanto evita inimigos como a vovó, o buldogue e até um gato de rua. Espalhados pelo jogo estão itens que recuperam energia, aumentam os pontos ou que dão uma vida extra, em uma fase encontrando um traje de super herói que permite invencibilidade de curto prazo, mas que nem precisava estar no jogo de tão fácil que é.


Para subir em plataformas muito altas, Frajola pode carregar caixas e demais itens para empilhá-los e então alcançar locais fora de alcance. Também são encontrados itens como guarda-chuvas para amortecer a queda, pula-pulas, luvas/martelos/comida para derrubarem/enganarem os cachorros e gatos e até o antídoto para reverter a transformação do Piu Piu monstro em sua respectiva tela. No caso de ter elementos como a cama do Frajola ou uma lata de lixo na tela, ele pode se esconder temporariamente quando algum inimigo passa por ele. No caso de ver onde está o Piu Piu, há um botão de binóculos que mostra onde o passarinho está.


A música é muito boa e segue a temática dos desenhos, com as vozes do Frajola e do Piu Piu sendo reproduzidas; Quando aparece a vovó ou outro inimigo, uma música tema é tocada brevemente para anunciar a chegada do mesmo; Tem até música de queda quando o Frajola cai de algum lugar alto ou subindo uma escada. Já as animações do jogo são excelentes e bem fluídas, desde o Frajola subindo a escada ou se esborrachando no chão até detalhes no cenário como a fase do beco com as sombras na janela ou seu filho aparecendo do nada e apontando a direção.


Pode ser um jogo curto e fácil, mas é muito bem feito e pode divertir até o fedelho mais chato da sua casa (isso se ele curte a "velharia" 16-bits). Arrisco dizer que é um dos melhores do Looney Tunes lançado na época.

Um comentário: