terça-feira, 27 de agosto de 2013

Fred Couples Golf




O que mais chama atenção são as animações detalhadas no limitado Game Gear. Conseguiram deixar os personagens realistas sem apelar pro gráfico cartum por causa de restrições. Os avatares mexem a boca, os quadros do golfista acertando a bola ficaram bons, até a bola acertando o buraco se deram ao luxo de animar. O tal Fred Couples batiza o game, selecionável em meio a outros golfistas que eu não faço a mínima ideia de quem eles possam ser. Todos sem exceção apresentam características distintas, depois fica a seu critério o ajudante.



Há boa quantidade de modalidades disponíveis, as mais óbvias são a de torneio e o modo para treinos, as outras tentei prestar atenção, mas não tive saco pra notar o que elas exigiam do jogador, porque esse esporte é muito besta pra mim. Podiam construir casas naqueles gramados todos ou um zoológico, feito o papo do Michael Douglas enquanto ele chumba o carrinho de golf do velho sofrendo ataque cardíaco em Um Dia de Fúria



No campo da partida regula a trajetória, pode-se visualizar o mapa completo, a geografia do terreno, incluindo outros detalhes responsáveis por tornar a partida mais agradável, como escolher o taco apropriado, ouvir os aconselhamentos dos caddies sobre o que fazer, o eixo que o taco tocará a bola, etc.. O jogador não demora no aprendizado das sutilezas para dominar a situação, deve ficar mais desafiador jogando contra alguém.  


Fred Couples Golf resistiu ao tempo, não restringido sobre o que jogar no portátil, mas eu o adicionaria na lista sobre outros games de Golf... Ah! O do 32X não achei lá essas coisas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário