sábado, 20 de junho de 2015

Crude Buster



Advinhem?! Mais outro anda&bate mergulhado em estranheza, desta vez pertencente a Data East bem inventiva nos seus tempos antigos, hoje eu não sei o que a coitada faz, talvez jogo de azar pra velhos fumantes no arquipélago do sol? Não sabemos... Mas uma coisa é certa, ela nos deu uma boa lata de lixo guardando joias de sucata pra andar por aí feito Damião Experiença e sua felicidade singular.


É uma sequência não afirmada de Bad Dudes, uns manolos espancadores de ninja, pagos pelo presidente dos EUA pra limpeza de área, aqui no caso dois punks mercenários de 2030 pra erradicar um sindicato bio-tecno conhecido por "Big Valley". Tirando a base que é pular e atacar, o impressionante mesmo é a super força dos caras. Eles arrancam postes, seguram pedras, carros, naves sem contar os próprios inimigos variando nos punks, mutantes e assassinos especiais num mundo destroçado lembrando histórias em quadrinhos britânicas feito as da revista 2000 AD

A dose de humor é alta, um ponto engraçado é ficar arrebentando a máquina de refri pra cair as latinhas, ter o cuidado de apanhá-las e assim recuperar seu HP ridículo. O jogo ficou mais conhecidão no Mega Drive com um port nomeado na América de Two Crude Dudes, nas suas mínimas modificações do original.


Mais um jogo de quebra quebra descompromissado, cumprindo seu papel simples de entreter na sua elevada dose de desafio irritante principalmente quando um dos "dudes" é mordido por cães e preso por demais monstros do jogo. A Data East fez bastante coisa divertida. Fica a música da primeira fase do jogo num funk  & hip hop oldschool muito bem feito:


Um comentário:

  1. Os personagens lembram aqueles inimigos base de outros beat 'em ups.

    ResponderExcluir